Caminhando nos planos

Padrão

* Lucas “Giggs” Hervás é um grande cara e um cara grande, que ambiciona se tornar um grande cara grande no magic também. Nesse artigo, ele traz regrinhas simples de convivencia e postura nos campeonatos.

 

Os 7 mandamentos do Magic

Saudações, Nerds!

Apresento a vocês os 7 mandamentos do Magic. Claro que tudo é uma brincadeira, mas eles podem sim ajudar você a conseguir seus objetivos e te orientar em como agir nos campeonatos, a fim de poder ter um ambiente mais agradável de jogo. Espero que gostem da leitura e que se divirtam tanto quanto eu me diverti escrevendo esse texto.

 

1 – Você tem um adversário, não um inimigo.

É preciso saber separar as coisas. Você quer ganhar, obviamente, mas aquele cara que está do outro lado da mesa também quer! Isso não quer dizer que vocês precisam criar uma inimizade. Claro que muitas vezes ocorre de enfrentar conhecidos ou grandes amigos nos campeonatos, porém você também pode ser emparelhado com aquele cara que veio lá daquele lugar que você nunca ouviu falar, que fala com um sotaque diferente do seu…

E porque vocês não podem se tornar amigos? Eu mesmo tenho amigos/conhecidos de vários estados do Brasil que conheci através do jogo. Então seja leal e educado com seu oponente. Cumprimente-o, estenda a mão, deseje boa sorte (mesmo se, no fundo, você estiver torcendo feito louco para que ele mulligue a primeira, a segunda e até a terceira mão).

 

2 – Você não vai ganhar sempre.

É um dos mandamentos mais difíceis de se seguir. Muitas vezes, perdemos por zica, por não ter comprado aquela carta que nos salvaria ou por simplesmente termos jogado errado. Mas todas essas situações implicam em um fato: seu oponente não tem culpa de nada disso. Ele esta ali para ganhar de você. Não saia batendo nas mesas e não jogue seu baralho na parede, eles também não têm culpa. É difícil aceitar a derrota, mas é de se admirar aqueles que não se deixam abalar por causa disso.

Procure saber quais foram seus erros e se eles ocorreram. Se tiver algum amigo seu de espectador, peça para ele mostrar se teve alguma decisão equivocada ou se simplesmente não tinha o que você pudesse fazer. Claro, tudo depois que a partida terminar, pois consultar jogadores durante o jogo pode te render uma punição nada agradável. Ao final do jogo, cumprimente-o mesmo se você perder ou ganhar e deseje boa sorte pro resto do campeonato.

 

3 – Passe uma boa impressão.

Uma vez li num artigo que é extremamente importante você ter higiene quando for em um campeonato. Alias, não só no campeonato, isso é essencial na vida. Nada mais desagradável que sentar numa mesa, e de repente subir aquele cheiro de axilas suadas misturado com um hálito insuportavel. Alem de higiene, é importante se apresentar bem para as pessoas, se vestir com uma roupa adequada e ter educação.

Lembre-se: você não esta em sua casa, muitas daquelas pessoas no recinto não o conhecem e não sabem do seu jeito de viver. O que fazemos em casa é uma coisa, em público temos que ser, no mínimo, organizados. Não grite, pessoas detestam gente escandalosa e isso causa uma péssima impressão. Seja uma pessoa agradável de se conviver.

 

4 – Não queira ser o Romário do MtG.

Quem aqui nunca teve aquele amigo, que pega um deck que nunca viu na vida, não sabe nem como as cartas funcionam, quais jogadas são as certas e erradas e quando vai pro torneio, sai com um belo 0-X nas costas e sai amaldiçoando Deus, o mundo e seu respectivo deck. O segredo pro sucesso é treinar, extrair o máximo do seu baralho, saber os seus recursos, quais decisões tomar e como se safar de determinadas situações.

Reúna os seus amigos, monte um grupo de treinos, isso ajuda bastante. Jogue contra vários decks, todos que puder e repetidas vezes, com sideboard e sem. Assim você consegue armar um plano de jogo para cada match especifica e conseqüentemente passa a conhecer melhor o seu baralho, podendo assim atingir as vitórias que busca.

 

5 – Não pense que seu deck é imbatível.

Sideboard. Essa é a palavra que muitas vezes separa o seu deck da vitória da derrota. Não adianta querer jogar, por exemplo, com um deck Burn e não ter um side que possa combater cartas como Batterskull e Umezawa’s Jitte, que estão sempre presentes no Legacy. Saiba as fraquezas do deck e como enfrentá-las. Tenha um plano de jogo. Não dependa apenas da sorte, é preciso também ter competência em lidar com situações desfavoráveis. Arme-se, tenha um plano de jogo. Ignorar o side é um erro grave, que pode custar muitos jogos.

Tão importante quanto saber o que colocar no side é saber o que tirar. Pense em quais cartas são descartáveis em determinada match ou quais não ajudam no seu plano de jogo. Uma simples dica aqui: muitas pessoas costumam tirar cantrips e ou mesmo terrenos para colocar o side. Particularmente acho um erro grave, pois o primeiro justamente te ajuda a achar as peças mais rapidamente, não é porque você tem uma resposta pra determinada carta que você precisa tirar as que escavam seu deck atrás delas, quanto mais rápido você tiver as respostas, mais eficiente será a sua estratégia. E tirar terrenos aconselho só quando não tiver muita opção mesmo, pois é dar mais chances a zica.

 

6 – Persistência é a chave pro sucesso.

Começar x-0 em um torneio é sensacional, da a impressão que você está no seu dia. Mas aí vem a primeira, a segunda derrota e pronto, tudo parece perdido. Não desanime, o fator psicológico influencia e muito numa partida de Magic. Você precisa ter confiança no seu jogo e no seu deck. Assim como não pode achar que está tudo perdido, também precisa evitar ter excesso de confiança, não deixar que o seu momento agradável ou não, suba a sua cabeça. É preciso ter equilíbrio emocional, para não por tudo a perder.

Concentre-se no seu objetivo. Não deixe as vitórias subirem á sua cabeça e também não deixe que as derrotas te abalem. Jogue o seu jogo naturalmente, com calma e tranqüilidade. Não se desespere se uma partida lhe parecer perdida, aja com naturalidade e paciência. Lembre-se: devagar se vai ao longe (só não jogue muito devagar, senão pode correr o risco de ser punido por isso).

 

7 – Divirta-se!

Sim, o mais importante dos mandamentos: se divertir. Jogue com um deck que lhe agrade, faça novas amizades, converse com as pessoas, peça dicas, troque cartas, interaja com o ambiente de jogo. Viagens para campeonatos sempre rendem ótimas histórias, então aproveite bem todos esses momentos. Eles são únicos. Aproveite ao máximo cada momento que estiver jogando, faça de cada partida um jogo agradável e divertido para você e seu(s) oponente(s).

Por hoje é só, mas Quarta-feira estarei aqui de volta novamente. Eu aqui no meu velho e querido banco, vocês em todo Br.. não, péra…

Até semana que vem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s